Onde estão os investidores anjo brasileiros?

Jul 23

Cada vez mais empreendedores que encontramos no Brasil nos perguntam coisas como “onde vou conseguir dinheiro para financiar minha ideia?” ou “meu projeto é interessante, mas onde encontrar investidores anjo?” Suponha então que o projeto é uma boa ideia, trazendo receita escalável e um bom retorno sobre o capital investido. Se procurar um aporte de angel é realmente uma boa saída, onde estão os investidores anjo brasileiros?

O que são?

O Angel Investor é uma pessoa física ou uma empresa disposta a investir dinheiro em troca de um percentual da empresa. Para ver uma definição generalista e diversos pontos interessantes sobre o investidor anjo, veja o vídeo do UOL Economia:



Daniel Heise, capa recente da Exame PME e sócio-fundador do Grupo Direct, comentou em 2008 sobre os 5 mitos do investidor anjo originalmente relatados por Scott Shane. Mesmo assim, a realidade de 2008 é um pouco diferente de 2010, e muita coisa aconteceu desde então: mais grupos de angels se estruturaram, e mais investidores anjo independentes têm aportado capital em pequenas empresas brasileiras.

Quem são?

Além de investidores anjo “pessoa física” – bem difíceis de achar, e se você for ou conhecer um deles entre em contato com a Aceleradora – os grupos que irão investir entre R$ 50 mil e R$ 500 mil em projetos inovadores e com excelentes perspectivas de receita são:

Infelizmente, existem muitos poucos grupos como esses no Brasil. Em 2010, esperamos que essa cultura aumente, e mais grupos de investidores anjo se formem no país – sejam de executivos ou de empreendedores com mais experiência. Existe inclusive a possibilidade de fundos maiores seguirem a tendência vista hoje nos EUA, em que VCs tradicionais criam aos poucos estratégias de investimento em empresas bem menores – chegando praticamente a atuar como angels.

Por isso, fique de olho em fundos de seed capital que investem entre R$ 500 mil e R$ 5 milhões. Entre eles estão:

  • Confrapar, liderada por Carlos Guillaume e gestora do fundo HorizonTI (que já investiu na GSS). A Confrapar combina capital privado e do programa Inovar Semente da FINEP, e está preparando o lançamento de fundos no Rio, São Paulo, Rio Grande do Sul e Paraná.
  • Criatec, com fundos locais em diversos estados e cujo grande financiador é o BNDES
  • FIR Capital, liderada por Guilherme Eimrich, Marcos Regueira e um time de gestores. A FIR é parceira da DFJ e já tem um excelente histórico, como a venda da Akwan para o Google e investimentos na SambaTech e SafeTrace
  • Performa Investimentos, liderada por Humberto Matsuda e também aprovada pelo Inovar Semente da FINEP
  • Inseed, liderada por Francisco Perez e outros executivos.
  • (update) Fundo SC em Santa Catarina, ainda entrando em operação e liderado por José Henrique Moreira e Marcelo Ferrari Wolowski

Todos esses fundos têm como áreas de interesse projetos de bio e nanotecnologia, tecnologias verdes, aplicações médicas e tecnologia da informação. Antes de contactar qualquer um, aprenda sobre eles, leia bastante os termos nos sites e garanta que seu projeto está pronto para ser avaliado. Não queime cartucho à toa.

Para aprender mais sobre como funciona o mercado de venture capital, leia a excelente cartilha do Criatec. Para ler mais sobre startups, siga-nos no twitter e assine nosso feed RSS.

25 Comments

  1. Amorim Marc
    Jul 23

    Yuri, Excelente post. Além dos grupos de anjos que você citou existem alguns em formação como o nosso que é Jacard Investimentos que já esta analisanado 03 projetos em tecnologia e biotech. Na minha visão, o que acontece no Brasil é que o papel de “anjo” as vezes é feito quando as pessoas saem de um emprego e levantam o FGTS. A quantidade de pequenos negócios que foram criados assim é significativa (falo até com base em caso próprio onde criei minha primeira empresa de software desta forma). Para adicionar a sua lista, na área de Seed Funds esta entrando em operação também o Fundo SC aqui de Santa Catarina no mesmo modelo do fundo Seed com apoio Finep e investidores privados. Este fundo é gerenciado por José Henrique Moreira e Marcelo Ferrari Wolowski.

    Reply
  2. Amorim Marc
    Jul 23

    Yuri, Excelente post. Além dos grupos de anjos que você citou existem alguns em formação como o nosso que é Jacard Investimentos que já esta analisanado 03 projetos em tecnologia e biotech. Na minha visão, o que acontece no Brasil é que o papel de “anjo” as vezes é feito quando as pessoas saem de um emprego e levantam o FGTS. A quantidade de pequenos negócios que foram criados assim é significativa (falo até com base em caso próprio onde criei minha primeira empresa de software desta forma). Para adicionar a sua lista, na área de Seed Funds esta entrando em operação também o Fundo SC aqui de Santa Catarina no mesmo modelo do fundo Seed com apoio Finep e investidores privados. Este fundo é gerenciado por José Henrique Moreira e Marcelo Ferrari Wolowski.

    Reply
  3. Leandro Herrera
    Jul 30

    Ótimo artigo Yuri! Tomei a liberdade de compartilhar com os seguidores da Endeavor no Twitter. Parabéns pelo blog e um abraço! Leandro

    Reply
  4. Leandro Herrera
    Jul 30

    Ótimo artigo Yuri! Tomei a liberdade de compartilhar com os seguidores da Endeavor no Twitter. Parabéns pelo blog e um abraço! Leandro

    Reply
  5. Excelente post! Eu diria que é um guia resumido e necessário para quem quer contatar os investidores anjos.

    Reply
  6. Excelente post! Eu diria que é um guia resumido e necessário para quem quer contatar os investidores anjos.

    Reply
  7. Michele Pauline
    Ago 15

    Mergulhada em minhas idéias que borbulham sobre o meu negócio, sonhei que isso existia sem saber e resolvi procurar algo na internet. Estou encantada e vou a caça do meu anjo!

    Reply
  8. Michele Pauline
    Ago 15

    Mergulhada em minhas idéias que borbulham sobre o meu negócio, sonhei que isso existia sem saber e resolvi procurar algo na internet. Estou encantada e vou a caça do meu anjo!

    Reply
  9. Bacana.

    De repente sinto como que a nossa startup ficou mais conectada.

    o/

    Reply
  10. Bacana.

    De repente sinto como que a nossa startup ficou mais conectada.

    o/

    Reply
  11. Josebiasi@hotmail.com
    Jan 30

    jose biasi gostaria de invesstidor anjo att jose

    Reply
  12. Josebiasi
    Jan 30

    gostaria de um anjo imvestidor att jose

    Reply
  13. Gustavo
    Fev 16

    Muito interessante.

    Gostaria de saber se tem Angel Investor ou fundos enfim, para o setor de credito de carbono, ou melhor sequestro de carbono, onde se preserva a área e investe-se em um projeto para gerar creditos de carbono devido a preservação da floresta?

    Obrigado pela atenção e fiquem com Deus.

    Att,
    Gustavo

    Reply
  14. Portallideres
    Mar 5

    Muito Bom….Queria saber mais sobre os anjos investidores e como faço para que eles receba e analise meu projeto na internet.O Portal Líderes, http://www.portallideres.blogspot.com. acesse e participe

    Reply
    • Frances Suzanne
      Jun 5

      Amigo, talvez a atitude mais importante para que você pelo menos possa atrair a atenção de qualquer anjo é registrar um domínio, que seja .com ou .com.br para colocar seu site. Hospedar no Blogpot ou qualquer outro local gratuito passa uma imagem de imensa falta de profissionalismo e manda uma mensagem clara para qualquer investidor em potencial de que você não tem idéia de como as coisas funcionam na web. Investidor nenhum coloca seu dinheiro no projeto de um empreendedor que não sabe o que está fazendo!

      Reply
  15. renato
    Nov 24

    quem quer faz,quem não quer dá desculpa, mandei um projeto para o site do investidor anjo,até agora nada,isto faz mais de 4 meses

    Reply
  16. renato
    Nov 24

    os investidores são quem comanda o brasil a mais de 500 anos,por eles vão mudar isto?

    Reply
  17. renato
    Nov 24

    não precisa de blog,mande por e-mail,anjos até pagina 3,por que eles querem lucros com seu projeto, a minha franquia já esta mais que provado que dá lucro, até agora nada

    Reply

Leave a Reply